Polícia Civil deflagra operação e prende suspeitos de roubos milionários em Barra do Garças.

Review News – Rede da Notícia

A Polícia Civil de Barra do Garças, por meio da Delegacia de Roubos e Furtos, deflagrou nesta quinta-feira (23), a Operação Integrada Quimera e Atalaia, para o cumprimento de 29 medidas judiciais contra suspeitos de praticarem roubos no município.

As investigações tiveram início no mês de abril, após o registro de dois crimes praticados no município, com violência e grave ameaça.

Duas casas foram invadidas por homens armados, que renderam, ameaçaram de morte, e agrediram fisicamente as vítimas, enquanto roubavam objetos de valor, e as obrigavam a fazer transferências bancárias por meio de Pix.

Em um dos roubos, foram subtraídos cerca de R$ 3 milhões em jóias e R$ 4 mil em transferência bancária.

Na segunda ação, os criminosos obrigaram as vítimas a transferir R$ 25 mil por meio de Pix, além de levarem jóias, semijóias e celulares.

Segundo a polícia, os criminosos constituíram uma quadrilha para a realização dos crimes, uma vez que enquanto alguns suspeitos rendiam as vítimas, outros envolvidos monitoravam o local e ajudavam na fuga.

Após a identificação dos suspeitos, e a constatação da participação de menores infratores, a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas, internações provisórias de menores, buscas domiciliares e quebra de sigilo de dados.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, os policiais apreenderam um revólver calibre 38 e aproximadamente quatro kg de drogas.

A Operação Quimera e Atalaia foi deflagrada pela DERF (Delegacia de Roubos e Furtos) com o apoio da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) e 2° Delegacia, e da Polícia Militar de Barra do Garças e Aragarças.

Acesse o link do nosso grupo no Whatsapp e fique por dentro das principais notícias do vale do Araguaia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Noticias Relacionadas

Categorias

Redes Sociais